Quem Somos

Em 1899 foi fundada a Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem Soberana Militar de Malta.

Os seus estatutos foram publicados no Diário do Governo nº 122 de 31 de Maio de 1899, e reconhecidos e confirmados pelo Soberano Conselho a 13 de Janeiro de 1890; tendo contudo sido remodelados de acordo com as exigências decorrentes da obtenção pela Assembleia da qualidade de Instituição Particular de Solidariedade Social (Diário da República III Série, nº 202 / 96, suplemento de 31 / 08 / 1996).

Trata–se de entidade que se encontra ser a única herdeira das tradições Hospitalárias e assistenciais da acção dos Hospitalários de São João em Portugal.

Desde a sua fundação a Assembleia dos Cavaleiros Portugueses desenvolveu permanentes esforços no sentido de desenvolver iniciativas assistenciais em território português, bem como nos países africanos de língua oficial portuguesa.

De particular relevo e importância os trabalhos de apoio na estrada aos peregrinos de Fátima (durante os meses de Maio, Agosto e Outubro), e de São Tiago de Compostela (caminhos portugueses durante o mês de Julho). Importantes acções assistenciais de auxílio a Lares de Terceira Idade e a Asilos de doentes nascidos com paralisia cerebral, têem sido levadas a efeito há já largos anos por grupos de Cavaleiros, Damas e Voluntários, pondo em prática o espírito de serviço aos mais desfavorecidos, e àqueles que sofrem, e que tanto necessitam de apoio. Também tem a Assembleia posto em prática acções de cooperação com os Municípios do Crato e do Gavião, Concelhos cujas áreas de implantação geográfica incluem vastos territórios onde outrora a Ordem exerceu a sua jurisdição em Portugal, nomeadamente com as respectivas estruturas das Santas Casas da Misericórdia.

Na vertente cultural, a Assembleia tem procurado ao longo destes 108 anos dar a conhecer a obra e a natureza da Ordem Soberana Militar de Malta.

Nesse sentido tem a Assembleia publicado o seu órgão oficial a revista Filermo, a qual tem versado sobre inúmeros temas destinados à formação espiritual dos confrades, e à própria História da Ordem. Revestiu particular relevo e importância a organização do Pavilhão da Ordem Soberana Militar de Malta na Expo 98, designadamente para a projecção das actividades assistenciais e culturais da Ordem de Malta em geral, e da Assembleia Portuguesa em particular.

São de destacar, na vida da Assembleia dos Cavaleiros Portugueses, alguns momentos significativo:

  • O estabelecimento de relações diplomáticas entre a República Portuguesa e a Ordem Soberana Militar de Malta em 1951;
  • A reinserção da Igreja de Santa Luzia e São Brás, na vida corrente e nas actividades de natureza espiritual da Assembleia Portuguesa, em 21 de Junho de 1958;
  • A assinatura do Acordo de Cooperação Bilateral entre Portugal e a Ordem Soberana Militar de Malta, assinado em Maio de 1983;
  • A visita de Estado de Sua Alteza Eminentíssima o Príncipe e Grão Mestre Fr. Andrew Bertie a Portugal em 1989;
  • A visita de Estado de Sua Alteza Eminentíssima o Príncipe e Grão Mestre Fr. Matthew Festing a Portugal em 2011.
Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem Soberana Militar de S. João de Jerusalém, de Rodes e de Malta
Igreja de Sta. Luzia e S. Brás, Lg. Santa Luzia - 1100-487 LISBOA - PORTUGAL — Email: — Tel.: 218881303